Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos Mudos

Desabafos Mudos

15/05/16

foi hoje

Hoje, assim, de repente, atirámo-nos de cabeça e agora é uma questão de tempo até termos vaga num local de trabalho para começarmos a trabalhar á noite e continuar á procura de um part-time para o dia. Longe, de onde actualmente moramos, mas perto de onde eu morava. Perto dos meus pais e restante família, o que vai facilitar.

Foi hoje que começámos a ver apartamentos para alugar, já enviámos inclusivé, uma mensagem a um, a perguntar se aceitavam animais de estimação.

É agora a nossa vez. Pelo menos assim espero.

15/11/14

dos miminhos para o Natal

É que daqui vai ser miminhos mesmo, coisas feitas por mim ou que sejam necessárias. Para a minha mãe vou fazer um dossier todo arranjadinho, já com as receitas que todos os santos anos andamos à procura para fazer no Natal (maldito bolo de ananás que quase fica só para decoração). Para o namorado é um daqueles livros para totós de inglês. O meu pai não fazia ideia até à pouco ter falado com ele ao telemóvel.

 

Sou daquelas pessoas que gosta de dar algo simples, mas com significado. Como à dois anos a minha tia me deu uma caixa de bolachas mas aquilo com que delirei foi com um saquinho de feijões (andava eu na fase de 'apetece-me ter uma mini horta em casa') com uma mensagem na consequência de termos ido ver o filme do gatos das botas ao cinema à uns meses e termos estado na brincadeira sobre os ovos de ouro... e ela lembrou-se.

 

Estava eu a dizer que gosto de dar coisas ora feitas por mim, úteis ou com significado. E do quê que me lembrei de dar ao meu pai? Um mealheiro. E vai ser um todo bonito! Porquê? Porque ele é angolano. Tem cá a maior parte da família, mas há um irmão que já não vê à muitos, muitos anos, que está em Angola. Eles vão falando por telefone de vez enquando e o meu tio do outro lado fica todo emocionado. O meu pai fica cheio de saudades. Tem saudades e muito orgulho de onde vem. Quando nos juntamos em aniversários, almoços e afins é só ouvi-lo falar de quando fizeram isto ou aquilo, e quando foram não sei onde e de que aquela zona agora está assim e assado (isto fala com um tio meu que lá vai de vez enquando). Então eu pensei, porque não um mealheiro para isso?

Temos que começar por algum lado :) entretanto vou andar informada sobre preços, datas e promoções. Para estar atenta.


Picoult, 25 anos, a espetar com tudo para aqui desde 2009.

it

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Sobre mim

Picoult, 25 anos, a espetar com tudo para aqui desde 2009.
Curiosa na multimédia, gosta de fotografia, apaixonada por gatos e já foi viciada em escrita.