Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos Mudos

Desabafos Mudos

23/12/15

da assistência médica em Portugal

Viram o que aconteceu com o David? Que teve o 'azar' de lhe rebentar o aneurisma na véspera de um fim-de-semana, altura em que os médicos de recusavam a operar? Pois, este sempre foi o meu medo. Eu que tenho um quisto enorme na zona da clavícula, que me avisaram para estar atenta a sinais de alteração de cor, no caso de rebentar ir directa ás urgências porque em horas podia entrar no sangue e infectá-lo, bla, bla, bla...

 

Pois, eu sei como é que a coisa funciona em Portugal e tenho um medo do caraças de uma dia poder vir a ser um David.

23/10/14

o meu defeito de fabrico # 4

Ao fim de oito meses descobri o porquê de não ter recebido a carta para uma consulta com um cirurgião. A morada no hospital estava errada. Ainda tentaram mandar as culpas para o centro de saúde, mas eu cheguei a confirmar com eles duas vezes a morada e a culpa foi mesmo do hospital. Lá consegui finalmente uma consulta em cirurgia para me mandarem marcar uma consulta para cirurgia vascular onde 'vão saber dizer melhor' que ele o que podem ou não fazer. 7,75 fora. Agora mais 7,75 para a próxima, mais 5 para dizer o que me disserem ao médico de família... e o primeiro, o que me atendeu na consulta de cirurgia ainda me pediu para lá ir dizer o que me disserem na consulta da parte vascular! Oh pah, eu juro que devo ter cara de bola de ping pong.

 

Então o meu médico de família não sabia mandar-me logo para a parte vascular? Está em todos os relatórios 'linfagioma', 'sistema linfático'...

'Muita gente vive com isso e não se dá conta, descobrem por acaso, mas isso é porque geralmente são mais gordas que você'.

 


Picoult, 25 anos, a espetar com tudo para aqui desde 2009.

it

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Sobre mim

Picoult, 25 anos, a espetar com tudo para aqui desde 2009.
Curiosa na multimédia, gosta de fotografia, apaixonada por gatos e já foi viciada em escrita.