Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos Mudos

Desabafos Mudos

25/09/14

sou finalista

Finalmente estou no meu último ano da licenciatura. Sem intenções de fazer o mestrado. O que quero mesmo é fazer outros cursos. Para já era mesmo um de inglês e outro de criação e edição de imagem. Porque são duas coisas com que uma pessoa pode ir ganhando uns trocos. E aqui ando eu a espreitar as hipóteses que tenho, a pensar no que vou fazer quando terminar a licenciatura e ainda vou na primeira semana de aulas do 3º.

10/07/14

uma casa à frente da praia

Alugar uma casa à frente da praia é só vantagens. Acordamos, vamos à praia. Voltamos para almoçar e deixar passar a hora de maior calor, aproveitando para estudar e tirar dúvidas com ele. Chega as 15h30/16h, voltamos para a praia até o sol ir embora e começar a ficar fresquinho. Chegamos a casa, banho, jantar, estudar, novela, estudar e cama.

 

Afinal ainda consigo ter umas férias decentes cá antes do exame e antes de ir para o Brasil. Assim em vez de ir branca flurescente, vou só branca para lá.

24/05/13

4.000 caracteres

    O que são 4.000 caracteres? Não são nada, rien de rien, peva nenhuma! É bom que a prof goste e não exija cortes, porque não é possível. A reportagem tem 4.129 e nem disse que ele foi repatriado inúmeras vezes, nem quando é que ele conseguiu fugir, que ajuda teve ao chegar à Coreia do Sul... nada! Nem contei metade das barbaridades que os norte-coreanos fazem e o que passam!


 


 E porque não resisto, porque esta frase me tocou mesmo, deixo aqui o lead que precede a reportagem 'À distância de um regime':


 


«Eu queria encontrar o céu. Queria ter esperança. (…) Não ter fome, dizer o que queria dizer, esse era o meu céu.» é o que norte-coreanos como o Joseph Baek, de 28 anos, procuram quando arriscam a vida ao atravessar o rio Tuman rumo à China. «Para mim a Coreia do Sul é o meu céu.» e este, estava à distância de um regime.


 


Também é bom que goste do título senão vamos ter problemas!


Assim me despeço por hoje, correndo euforicamente para o sofá que me aguarda juntamente com os meus belos livros de psicologia do 12º ansiosos para que eu lhes pegue e comece a percorrer suavemente as páginas enquanto estudo para a frequência de daqui a dez dias :)


Picoult, 25 anos, a espetar com tudo para aqui desde 2009.

it

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Sobre mim

Picoult, 25 anos, a espetar com tudo para aqui desde 2009.
Curiosa na multimédia, gosta de fotografia, apaixonada por gatos e já foi viciada em escrita.