Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos Mudos

Desabafos Mudos

09/05/13

Geração da esperança, não geração à rasca

   Esse é o nome que deveriam dar à nossa geração. Somos um grupo de jovens que têm a televisão, a rádio e os jornais a recordar-nos de que não há trabalho. E quando há, somos mal pagos por todo o esforço. Mas nem é preciso ligar os aparelhos ou olhar para as capas dos jornais. As expressões dos corpos vazios que vagueiam pelas ruas é suficiente.


   Apesar disso, nós sonhamos. Não, não sonhamos. Nós fazemos planos para o nosso futuro. E o plano do meu futuro é desenhado bem longe daqui, da terra de que tanto tenho orgulho, de Portugal...


   Apesar do panorama não desistimos, arregaçamos as mangas e continuamos com esperança de que o nosso trabalho possa vir a ser reconhecido. Temos esperança de uma vida melhor do que aquela que os media nos querem vender.


  Eu vou agarrar na minha licenciatura, nele e na gata. E por-me a milhas à primeira hipótese.


Picoult, 24 anos, a espetar com tudo para aqui desde 2009.

it

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens