Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos Mudos

Desabafos Mudos

30
Set10

stay

"and I love you more than I did before
and then today I don't see your face
nothing's changed

no one could take your place
it gets harder every day
say you love me more than you did before"

28
Set10

avô

  Quando para o ano vier do brasil, quero fazer uma tatuagem deste género. na cintura, lado esquerdo.

 

27
Set10

http://www.youtube.com/watch?v=dWKg-1tyOV8

« Não imaginas o quanto me custa andar assim, o quanto dói. E ultimamente as pessoas fazem doer mais. É tão horrível ficar ali parada com as pessoas a perguntarem-me: Já falaste com a ana? Não tens saudades dela?

Porra! SIM TENHHO, e digo-o! Não que o facto de elas ficarem caladas me fosse ajudar a esquecer que morro de saudades, porque isso nunca vou esquecer. Nunca vou esquecer o quanto és importante, sim ainda és, e vais ser sempre. Porque tu és tudo o que sou e o que não sou. Reparei tarde demais que antes de isto nos acontecer nunca tinha chorado por ninguém, nunca tinha tido uma dor tão grande cá dentro, nunca tinha tido saudades de alguém. Estava sempre feliz, era tudo tão espontâneo, não faltava nada. Eu ria a sério, sorria com vontade. Agora não é assim. Posso estar rodeada de gente e a rir, mas eu não me sinto feliz, sinto-me normal. E quando chego a casa não penso que foi a melhor tarde de sempre, porque não foi. Porque nem nunca mais vou voltar a chegar a casa e pensar que foi a melhor tarde, e ficar ansiosa por ir para a escola no dia seguinte para voltar a estar com aquelas pessoas. Porque elas não me conhecem, não sabem o que me faz rir, não sabem do que gosto, para onde quero ir, o que quero fazer. Porque elas não iam estar lá para me ajudar a levantar se eu caísse. Desculpa-me por não ter estado lá quando caíste tu. »

 

25
Set10

evanescence - missing

Please, please forgive me, but I won't be home again.
Maybe someday you'll look up and, barely conscious, you'll say to no one:
"Isn't something missing?"

 

You won't cry for my absence, I know - you forgot me long ago.
Am I that unimportant? Am I so insignificant?
"Isn't something missing?"
Isn't someone missing me?

 

Even though I'd be sacrifice, you won't try for me, not now.
Though I'd die to know you loved me, I'm all alone.
Isn't someone missing me?
Please, please forgive me, but I won't be home again.
I know what you do to yourself, I breathe deep and cry out,
"Isn't something missing?"
Isn't someone missing me?

 

Even though I'd be sacrifice, you won't try for me, not now.
Though I'd die to know you loved me, I'm all alone.
Isn't someone missing me?

 

And if I bleed, I'll bleed, knowing you don't care.
And if I sleep just to dream of you I'll wake without you there,
Isn't something missing?
Isn't something...

 

Even though I'd be sacrifice, you won't try for me, not now.
Though I'd die to know you loved me, I'm all alone.
"Isn´t something missing?"
Isn't someone missing me?

 

 

25
Set10

segredos da chuva

Chiu... Consegues ouvir? O sussurro das gotas da chuva, que cai silenciosamente. A água a escorrer nos passeios, escorregando pelas grades da valeta. Todas elas tem segredos que murmuram entre elas sem incomodar a lua adormecida no céu. Murmuram curiosas no silêncio da noite, cantam baixinho uma suave melodia para os que ainda não dormem, dançam com o vento ao cair neste mundo. Pétalas arrancadas das suas flores caiem em grandes poças enlameadas de dois dias. Passeiam sobre a água como pequenos barcos de madeira perdidos no meio do oceano. As gotas frias deslizam suavemente pelas folhas dos ramos e as árvores soltam melodiosas gargalhadas mudas. Sentem-se seduzidas pelas gotas que escorrem por elas entre sussurros e risos. Modestas como são, apaixonaram-se por noites de dilúvios e por dias infindáveis de chuva que terminam com cheias que assediam os seus troncos com o vaivém... Aqueles sussurros eram tema de conversa. Sabes do que falam?
O vento sopra violentamente desviando-as da sua trajectória até ao solo. Esforça-se por desvendar os mistérios, os segredos. Mas sem sucesso. Interessadas na vida falam sobre tudo, amor, magia, ódio, sobre rios e mares, o céu sem limite e o subsolo, as diferentes formas de vida! Falam sobre coisas que nunca irás saber. São segredos, até de há milhares de anos, que as acompanham durante o seu ciclo eterno. Murmúrios inaudíveis sobre possíveis toques no abstracto e a visão do inexistente. Sussurros que não consegues ouvir...

 

Pág. 1/2

Sobre mim

foto do autor

Mensagens

Calendário

Setembro 2010

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

Arquivo

    1. 2023
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D