Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

desabafos mudos

desabafos mudos

07
Jul16

os comerciais agressivos da Barclaycard

Picoult

Eu sei como é difícil o trabalho de um comercial. E como sei por-me no lugar dos outros hoje disse que sim a um comercial, que o ia ouvir. Perguntou-me a idade e há quanto tempo trabalhava na loja. Depois de responder eles começou a falar e dar informações sobre a Barclaycard, e até ai tudo bem.

Eu ouvi porque não tinha clientes e como já disse no início, porque sei o que custa. E a mim não me custava ficar informada. Quem sabe não é? Um dia aderisse.

 

Até que ele diz que "para não continuar aqui a chatear se calhar recebia a informação em casa?". E eu já meia de pé atrás disse " OK". Pediu as coisas normais - nome e morada. Depois pergunta o meu estado civil... E adulterou na folha à quanto tempo eu trabalhava na loja, disse que ia pôr em como eu já aqui estava à um ano e a receber 600€...

No fim deu-me tudo para assinar.

 

Agarrei papelada, voltei à folha inicial e era para aderir ao cartão.

Ele de inicio negou, disse que era para receber as informações em casa. Depois admitiu que era um pré-registo que será analisado, para aderir ao cartão. "Não tem custos nenhuns!", dizia. Então não me tente enganar!

E recusei assinar algo a que eu não queria aderir, algo que nem sequer tinha oportunidase de ler e ainda para mais tinha informações falsas! 

 

Se desta vez tinha dado uma abertura, uma hipótese de ouvir melhor sobre a Barclaycard, este senhor desperdiçou-a. 

É uma vergonha e assustador a forma como esta empresa trabalha em call centers e os comerciais na rua, não nos quiosques, aqueles que agora vão ter contigo à porta e local de trabalho.

 

Tenham muita atenção e cuidado com estas pessoas!

12 comentários

Comentar post